MÍDIA CENTER

Alex Lima lamenta a morte da professora Joanice Bacelar

Publicado em: 21/06/2022 14:41
Editoria: Notícia

Deputado Alex Lima (PSB)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
O deputado Alex Lima (PSB) propôs que o governo do Estado denomine de Complexo Educacional Poliesportivo Joanice Bacelar a nova unidade de ensino que se encontra em construção no município de Esplanada. Ao justificar o projeto de lei que apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) sugerindo a homenagem, o parlamentar discorreu sobre a vida da educadora - “uma mulher à frente do seu tempo e dedicada à Educação”.
Joanice Bacelar nasceu em 1933 e morreu em abril deste ano, “nos deixando um bonito legado sobre a luta pelo ensino público de qualidade”. Baiana e mãe de quatro filhos, Joanice Bacelar foi titular do Colégio Municipal São Tomaz de Cantuária, do Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, e exerceu os cargos de Secretária de Educação e Secretária de Ação Social em Camaçari.


“Muito conhecida e respeitada por toda sua história e trabalho na área da educação”, prosseguiu Lima. Segundo ele, a trajetória de Joanice como professora começou em Esplanada, onde lecionou por cerca de 20 anos. Mudou-se para Camaçari, onde trabalhou como professora nos colégios São Thomaz de Cantuária e José de Freitas Mascarenhas. Com o objetivo de promover ações no campo da Educação, Saúde, Esporte e Bem-estar Social, ela fundou, em 2017, o Instituto Joanice Bacelar Batista.


Ao longo da sua trajetória, constatou Alex Lima, a educadora franqueou aos seus alunos “lições de ética, cidadania e humildade, primando pelo ensino público de qualidade, instrumento que usou para educar gerações de jovens”.


Além do secretário de Turismo, Maurício Bacelar, e do deputado federal João Carlos Bacelar, Joanice também era mãe da juíza de direito, Ângela Bacelar, e da médica Cláudia Bacelar.



Compartilhar: