MÍDIA CENTER

Fabíola Mansur aplaude aniversário de 152 anos da Lyra Ceciliana, de Cachoeira

Publicado em: 13/05/2022 16:29
Editoria: Notícia

Deputada Fabíola Mansur (PSB)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
A deputada Fabíola Mansur (PSB) protocolou na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) uma moção de aplausos à Sociedade Cultural Orpheica Lyra Ceciliana, localizada na cidade de Cachoeira, pela passagem do aniversário de 152 anos de fundação.



De acordo com o documento da parlamentar, a entidade foi criada em 13 de maio de 1870, na Sacristia de Santa Cecília, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Monte, pelo músico, maestro e abolicionista Manoel Tranquilino Bastos. “A Sociedade Cultural Orpheica Lyra Ceciliana, é uma preciosidade da nossa querida Cachoeira. A Lyra Ceciliana é considerada uma das mais antigas filarmônicas do Brasil em atividade ininterrupta”, frisou Fabíola.



A Lyra Ceciliana é responsável pela formação de jovens músicos cachoeiranos há várias gerações, na Escola Maestro Irineu Sacramento. A instituição realiza projetos para a divulgação da música de filarmônica, a exemplo do circuito musical em municípios baianos, biblioteca, instalação de um estúdio de gravação e uma rádio web para a difusão do estilo musical.


Entre os frutos do trabalho da Lyra Ceciliana, estão os grupos de chorinho Choro de Menino, a Orquestra Sinfônica de Reggae do Recôncavo e o Samba da Vida. O mais novo projeto é o Memorial que, além de preservar o acervo da orquestra, será um centro de pesquisa da história da música de filarmônica no Recôncavo.


“Parabéns por mais um ano na sua belíssima existência, prestando um importante serviço junto à nossa juventude, um trabalho fundamental na formação musical e social de crianças e jovens e na preservação da nossa cultura. Fico muito feliz que algumas tradições culturais consigam se manter nesse país tão descuidado com sua cultura. Vida longa à centenária Filarmônica Lyra Ceciliana da cidade de Cachoeira”, desejou a legisladora.










Compartilhar: