Quarta-feira , 14 de Abril de 2021

MÍDIA CENTER

Galo lamenta morte de Agnaldo Silva

Publicado em: 08/04/2021 09:12
Setor responsável: Notícia

O deputado Marcelino Galo (PT) apresentou, na Assembleia Legislativa, moção de pesar pelo falecimento do professor Agnaldo Silva, ex-presidente da Associação Afoxé Filhos de Gandhy, ocorrido na manhã da última segunda-feira (5), no Hospital do Subúrbio, em Salvador. “Minha solidariedade a toda família, amigos, a todos os associados, funcionários, colaboradores, dirigentes e ex-dirigentes da Associação Afoxé Filhos de Gandhy, pela perda deste grande companheiro”, disse.
Agnaldo Silva tinha duas marcas muito ligadas ao Gandhy: nasceu no mesmo ano do afoxé, em 1949, e foi o seu dirigente que mais tempo ficou à frente da entidade. Chegou a ficar no comando por 21 anos ininterruptos, 2017, quando passou o bastão para o atual presidente, Gilsoney de Oliveira.
O homenageado tinha 71 anos e estava internado no Hospital do Subúrbio há dois meses, após ter sido acometido por um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O “Professor” foi o grande responsável por abrir o afoxé para as novas tendências tecnológicas sem, porém, abrir mão das tradições. Foi ele quem promoveu a informatização e introduziu a instituição nas mídias sociais, o que possibilitou uma melhor e maior visibilidade no campo cultural, consolidando o “tapete branco da paz”.


Compartilhar: