MÍDIA CENTER

Hilton propõe Comenda 2 de Julho para a pesquisadora Jaqueline Góes de Jesus

Publicado em: 03/06/2020 20:11
Editoria: Notícia

Foto:

O deputado Hilton Coelho (Psol) apresentou, na Assembleia Legislativa, projeto de resolução que concede a maior honraria do Parlamento baiano, a Comenda 2 de Julho, a Jaqueline Góes de Jesus, 

“mulher, negra e nordestina, biomédica, pesquisadora, uma das coordenadoras da equipe que sequenciou o genoma da Covid-19 no Brasil, em tempo recorde de apenas dois dias. Soteropolitana, honra Bahia e o Brasil com suas atividades científicas e pessoais”, destaca o parlamentar. 

  

Na sua proposição, Hilton lembra que a pesquisadora possui um currículo invejável. Ele gradou-se em Biomedicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Mestre em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa (PgBSMI) pelo Instituto de Pesquisas Gonçalo Moniz – Fundação Oswaldo Cruz (IGM-FIOCRUZ), doutora em Patologia Humana e Experimental pela Ufba, pós-doutoranda na Faculdade de Medicina da USP, Jaqueline Góes de Jesus tem uma extensa folha de serviços à Ciência. 

  

“O acesso à educação gratuita e de qualidade é fundamental para mudanças significativas na sociedade brasileira. Jaqueline Góes é exemplo de inspiração e merece todo o reconhecimento dentro e fora do meio acadêmico, enquanto excelente pesquisadora que é, em um país historicamente desigual, estruturalmente racista e com altos índices de misoginia. Ela segue acompanhando o desenvolvimento do coronavírus, tendo, recentemente, participado de audiência pública da Câmara dos Deputados para propor estratégias de contingência da disseminação do vírus”, detalha Hilton Coelho. 

  

O legislador conclui afirmando que “em momento onde a desinformação, o ultraconservadorismo e o fanatismo religioso atacam a ciência, dificultando o combate ao vírus, vozes lúcidas, preparadas e fundadas no pensamento científico, como a de Jaqueline Góes de Jesus, são um alento e trazem esperanças de que conseguiremos derrotar a Covid-19. Acreditamos na aprovação, pois essa homenagem é mais de que justa e merecida a nossa ilustre baiana”. 




Compartilhar: