MÍDIA CENTER

Eduardo Salles defende uso de câmaras de desinfecção em estabelecimentos públicos

Publicado em: 22/05/2020 22:34
Setor responsável: Notícia

O deputado Eduardo Salles (PP) propôs que o Estado obrigue os estabelecimentos públicos, industriais, bancários; hospitais e clínicas com atendimento emergencial a instalarem câmaras de desinfecção para todos os que utilizem suas dependências. Para regulamentar esta obrigatoriedade, ele apresentou, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei n° 23.892/2020 que determina a instalação dos equipamentos durante o período de enfrentamento ao novo coronavírus. 

 

Na análise do parlamentar, o atual panorama de calamidade pública em decorrência da pandemia que assola o Brasil e, por consequência a Bahia, tem se mostrado uma situação excepcional, “que exige das autoridades públicas ações mais restritivas no sentido de barrar o avanço da disseminação da doença, preservando a saúde da população”. 

 

Como a transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal, “através do espirro, tosse, toque ou aperto de mão”, ele defende que funcionários, servidores e usuários dos estabelecimentos discriminados na proposição façam uso desse mecanismo de desinfecção “para amenizar e barrar o avanço da pandemia”. 

 

Sales explicou que sua proposta insere-se “no caminho de uma regulamentação sensata, que busque o equilíbrio entre o livre exercício dos direitos fundamentais e seus limites”.


O projeto de lei, agora,  cumprirá o rito legislativo de tramitação e apreciação pelas comissões de Constituição e Justiça; Saúde e Saneamento; Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público; Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo e de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle. 




Compartilhar: