Terça-feira , 21 de Janeiro de 2020

MÍDIA CENTER

Comissão de Desporto faz balanço de 2019 e traça metas para 2020

Publicado em: 10/01/2020 10:26
Setor responsável: Notícia

Como um técnico de futebol, o deputado Bobô (PC do B) já planeja as estratégias para mobilizar, em 2020, o “time” da Comissão Especial de Desporto, Paradesporto e Lazer da Assembleia Legislativa, composto de sete titulares e quatro suplentes. Nesta pré-temporada de janeiro, que coincide com o recesso parlamentar, o presidente do colegiado pretende usar algumas “táticas” de convencimento no campo político e, para isso, quer conversar antecipadamente com os colegas deputados.

No ano que vem, a intenção de Bobô é dinamizar ainda mais as atividades das reuniões ordinárias, para melhorar a produção legislativa. O comunista considera fundamental a definição de um calendário de audiências públicas, onde profissionais especializados e “craques” de diversas modalidades tenham condições de participar de debates na Casa do Povo, “colaborando para o crescimento da comunidade esportiva amadora, olímpica e profissional da Bahia”.

O presidente da Comissão Especial de Desporto anuncia que vários assuntos já estão “escalados” como prioridades para as discussões com a sociedade. O legislador garantiu que vai contatar o diretor de futebol feminino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Aurélio Cunha, no sentido de organizar na ALBA  uma audiência sobre “A Profissionalização do Futebol Feminino no Brasil”. 

Bobô vai aguardar também as sugestões temáticas dos outros membros do colegiado e as iniciativas de associações desportivas que representam o basquete, vôlei, handebol, karatê, boxe, canoagem ou qualquer outra modalidade. O legislador enalteceu a parceria que a comissão desenvolveu com a Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb), órgão do Governo do Estado que já dirigiu, mas cobrou a volta de projetos esportivos executados nos Centros Sociais Urbanos. Ele acentua que, tanto da capital quanto no interior, “esses projetos trazem inúmeros benefícios, nas áreas de educação, saúde e lazer, para muitos jovens e pessoas idosas das comunidades mais carentes”.   

BALANÇO

Fazendo uma breve retrospectiva da atuação do colegiado em 2019, Bobô destacou pontos positivos, já que importantes audiências públicas movimentaram a Casa Legislativa. 
No primeiro semestre, a comissão debateu “A Violência sofrida pelos Árbitros de Futebol Amador da Bahia”. A solicitação foi feita por oito associações de juízes de futebol que relataram agressões físicas e verbais, além de ameaças de morte em decorrência da atividade que desenvolvem nos campos dos bairros da capital baiana. 

O parlamentar comunista revela ter elaborado um documento, contendo orientações e sugestões, que foi entregue à Secretaria estadual de Segurança Pública, Prefeitura de Salvador e  Ligas responsáveis pelos campeonatos, “para que possam implementar as medidas de proteção aos árbitros, pessoas que precisam de segurança na hora de apitar uma partida de futebol”. Outra audiência marcante da Comissão de Desporto em 2019 foi a que tratou sobre os “Esportes Equestres na Bahia”, uma proposta do deputado Tiago Correia (PSDB), vice-presidente do colegiado. 

“Foi uma boa oportunidade para as lideranças dos esportes equestres apresentarem suas principais dificuldades e apontar os caminhos”, observou Tiago, que convidou para a mesa de debates representantes dos criadores de cavalos Campolina, Mangalarga, Quarto de Milha, além de uma advogada da comissão de esportes da OAB-BA. 

O social democrata lembra que na reunião foram discutidas diversas questões , como a melhoria da estrutura existente para a atividade no Parque de Exposições de Salvador, o sucateamento da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e a qualificação dos profissionais da área.

A cidade de Barreiras, no Oeste do Estado, foi palco também da primeira audiência pública itinerante no interior. O deputado Antonio Henrique Jr. (PP), membro titular do colegiado, foi o proponente desta reunião que contou com a presença de autoridades municipais, dirigentes esportivos e cerca de  300 pessoas do município, que se debruçaram na análise da real situação do esporte amador na região. “Levar a reunião do colegiado para o interior é uma boa possibilidade para o próximo ano. Queremos ter o Estado como um “braço” desta parceria para discutirmos o esporte em geral, sempre buscando soluções localizadas, que beneficiem a população”, concluiu Bobô.

Comandando pelos deputados Bobô e Tiago Correia, respectivamente presidente e vice-presidente, o Colegiado de Desporto também conta, em suas reuniões, com a participação dos titulares Antonio Henrique Jr. (PP), Capitão Alden (PSL), Jânio Natal (Podemos), Olívia Santana (PC do B) e Roberto Carlos (PDT).  


Compartilhar: