Quarta-feira , 26 de Junho de 2019

MÍDIA CENTER

DIRETO DO PLENÁRIO

Publicado em: 12/06/2019 00:07
Setor responsável: Notícia

NeuzaMenezes/AgênciaALBA
A posição do Governo da Bahia em relação à Reforma da Previdência foi trazida pelo deputado Robinson Almeida (PT), durante a realização do grande expediente, na sessão desta terça-feira (11), da Assembleia Legislativa. No seu pronunciamento, o parlamentar informou que o governador Rui Costa acabara de participar de reunião do Fórum de Governadores, em Brasília, onde condicionou apoio ao projeto, desde que retirados pontos já amplamente debatidos pelos governadores do Nordeste.

Segundo Almeida, o governador reiterou o conteúdo da carta assinada pelos nove governadores da região na semana passada, quando reconheceram a necessidade da reforma, mas defendendo alterações: “O governador Rui Costa é contra tirar os direitos de aposentadoria dos trabalhadores rurais e a diminuição do Benefício de Prestação Continuada. Ele também é contra desconstitucionalizar o capítulo da previdência e o sistema de capitalização”.

O  petista conclamou ainda a sociedade para aderir à greve geral, na próxima sexta-feira, contra a Reforma da Previdência. Ele destacou que outras pautas, como o corte das verbas das universidades públicas, devem se somar à mobilização organizada pelas centrais sindicais. 

Robinson Almeida também anunciou que deu entrada em projeto de resolução para que a Casa conceda a Comenda Dois de Julho ao jornalista e advogado Glenn Edward GreenWald, editor fundador do The Intercept Brasil, site que revelou diálogos privados entre o então juiz federal e hoje ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF).

O assunto voltou a ser debatido por ele e diversos deputados. Osni Cardoso (PT), ao comentar o vazamento dos supostos diálogos entre os agentes da Lava Jato, afirmou que o episódio desmoralizou o Judiciário brasileiro: “A gente pode perceber que tentaram fazer uma montagem dizendo que tinham convicção da culpa do ex-presidente Lula. Hoje, depois do The Intercept, a gente percebe que nem convicção aquela turma tinha”. 
Olíder do PT na Assembleia, Marcelino Galo, parabenizou a iniciativa de Robinson Almeida em homenagear Greenwald, destacando que o trabalho investigativo do jornalista pode mudar a história do Brasil. Galo também informou, no plenário, o voto favorável do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, no habeas corpus coletivo que pode beneficiar todos os presos condenados em segunda instância pelo TRF-4 (Tribunal Federal da 4ª Região), incluindo o ex-presidente Lula.

Acitar a carta do Papa Francisco a Lula, Fátima Nunes (PT) declarou que o ex-presidente e o povo brasileiro são vítimas de uma injustiça cruel. “O prejuízo e as dores que o presidente Lula vem passando nesse cárcere é a dor de todos nós, que queremos justiça, democracia e paz social”, afirmou a deputada. 

A deputada Fabíola Mansur (PSB) também falou do caso envolvendo o ex-juiz  e o representante do MPF. “É de causar, sim, estranheza, o diálogo pouco ético que houve entre o Ministério Público e a Justiça”, mencionou a socialista. Em seu discurso, a legisladora ainda destacou a participação da Assembleia Legislativa na mesa de negociação entre os professores grevistas das universidades estaduais e o Governo do Estado. “Esperamos que o Fórum das Ads possam levar para as assembleias das quatro universidades estaduais aquilo que foi consensuado para promover a saída da greve”, afirmou Fabíola.

O deputado Marcelo Veiga (PSB), em sua fala no plenário, enalteceu a cultura nordestina ao falar das festas juninas e das tradicionais vaquejadas. Durante seu discurso, destacou visita que fez durante o fim de semana a festas de vaquejadas nas cidades de Canudos e Novo Triunfo. O socialista também frisou que esteve na cidade Abaré.

Ja deputada Jusmari Oliveira (PSD) destacou a realização do Oeste Cup, evento esportivo promovido pela prefeitura do município de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste. Segundo a parlamentar, entre os dias 5 e 9 de junho, a praça da cidade recebeu mais de 12 mil pessoas. “Sem sombra de dúvidas, o maior evento esportivo realizado na Bahia. Três mil atletas passaram pelo evento, em 28 modalidades esportivas, que trouxe como novidade o Rally Jalapão/Sertões Series”, comemorou a pessedista.


Compartilhar: