Terça-feira , 16 de Julho de 2019

MÍDIA CENTER

Antônio Henrique Jr. quer incluir protetor solar na cesta básica

Publicado em: 08/02/2019 08:38
Setor responsável: Notícia

O deputado Antônio Henrique Jr. (PP) quer incluir o protetor solar entre os produtos que compõe a cesta básica no Estado. Em projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o parlamentar explicou que o preparado antissolar deve possuir fator de proteção solar igual ou superior a 30. 

“Pelo menos 25% de todos os tumores malignos estão diretamente relacionados à exposição ao sol”, observou  o legislador, ao justificar a proposta. Ele apontou ainda que, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor de pele é o de maior incidência no Brasil.

Para o parlamentar, dois fatores contribuem para essa incidência: a falta de cultura do povo brasileiro para se proteger da luz solar e a degradação da camada de ozônio, que fazem com que os raios solares cheguem à Terra cada vez com maior intensidade. “Embora as chances de cura do câncer de pele sejam altas, existe um tipo que causa preocupação entre os médicos: o melanoma, que é um tipo mais raro e não tem cura se não for descoberto precocemente”, continuou Antônio Henrique Jr., na justificativa do documento.

Ele observou que o preparado antissolar, objeto do projeto de lei, não inclui aquele utilizado para bronzeamento, uma vez que estes não possuem fator de proteção solar igual ou superior a 30. E lembrou que, em outros estados brasileiros, a exemplo do Rio de Janeiro, o preparado antissolar com fator de proteção igual ou superior a 30  já faz parte da relação dos produtos que compõe a cesta básica do Estado.

“A inclusão desta mercadoria na cesta básica tem por finalidade reduzir o preço de venda e consequentemente (fazer o produto) ser adquirido pelas classes menos favorecidas, uma vez que se destina à proteção contra a incidência da radiação ultravioleta, que pode causar danos à saúde”, concluiu o autor da proposição.


Compartilhar: