NOTÍCIAS
Bira Corôa se solidariza com povo de santo
Petista conclamou todos os religiosos para a batalha contra a intolerância

Compartilhe

O deputado Bira Corôa (PT) se solidarizou, nesta quinta-feira (3), com o povo de santo, vítima de ação de intolerância religiosa, após pessoas não identificadas  jogarem cerca de 100kg de sal ao redor da Pedra de Xangô, local sagrado para o candomblé, localizada em  Cajazeiras, em Salvador.
O ataque da última terça-feira não foi a primeira vez que a Pedra de Xangô sofreu com ações de intolerantes. Em 2014, o monumento foi pichado e oferendas  foram destruídas. Desde então, outros atos de vandalismo ocorreram ali.

Segundo o parlamentar, além de atacar os adeptos das religiões de matrizes africanas, os agressores incorreram em crime ambiental, já que o conteúdo despejado no monumento provoca alterações ambientais no solo e no lençol freático”.

Na moção, Bira opôs-se às manifestações de ódio religioso e propôs a união de todos na construção de uma sociedade justa, de equidade e oportunidades. “Por isso, convoco todos os religiosos e religiosas, de todas as denominações, para lutar contra esse mal que afeta a nossa sociedade”, conclamou.
Divulgação/AgênciaALBA
  • Publicado em: 03/01/2019
  • Setor responsável: ASSESSORIA COMUNICACAO SOCIAL
  • Compartilhar: