NOTÍCIAS
Mãe Stella de Oxóssí - Alex Lima destaca trajetória da líder religiosa
Socialista afirmou que a ialorixá era referência no combate ao racismo

Compartilhe





Os deputados estaduais baianos continuam a manifestar pesar pela morte de Mãe Stella de Oxóssi, aos 93 anos, no último dia 27 de dezembro. Desta vez, quem apresentou uma moção na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) com esse objetivo foi o deputado  Alex Lima (PSB), que considera a ialorixá não só uma líder, “mas um pedaço da história da Bahia”. No documento, ele define a religiosa como uma “militante combatente no resgate histórico da memória de um povo, sua cultura e, principalmente, a sua religião, que se tornou uma estudiosa e escritora de artigos e livros sobre o candomblé”.

O deputado lembrou ainda que esses reconhecidos esforços literários e o profundo conhecimento do tema a conduziram à Academia de Letras da Bahia, eleita por unanimidade no ano de 2013. “Ialorixá, enfermeira por formação, escritora de nove livros, defensora das crenças religiosas de matriz africana, sacerdotisa, mãe, referência no combate ao racismo e à intolerância religiosa, teve a vida devotada a um dos mais importantes terreiros de candomblé do Brasil, o Ilê Axé Opó Afonjá”, acrescentou o autor da moção.

Alex Lima observou também que a líder religiosa, cultural e social recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), além de ter sido agraciada com a Comenda Maria Quitéria, pela Prefeitura de Salvador, com a Ordem do Cavaleiro, do Governo do Estado, e a Ordem do Mérito, do Ministério da Cultura. E em 2014, acrescentou ele, Mãe Stella foi a homenageada da Festa Literária de Cachoeira (Flica), no Recôncavo Baiano.  

“Altiva, sempre combatente contra o preconceito religioso e de raça, pregava o respeito mútuo e uma convivência pacífica entre todas as crenças para que as pessoas se aproximassem pela fé”, afirmou o parlamentar, acrescentando que ela costumava dar palestras e participava com frequência de conferências, disseminando a paz, respeito e harmonia entre as crenças.
Divulgação/AgênciaALBA
  • Publicado em: 02/01/2019
  • Setor responsável: ASSESSORIA COMUNICACAO SOCIAL
  • Compartilhar: