NOTÍCIAS
Euclides felicita Nova Ibiá, Andorinha, Lajedo do Tabocal e Apuarema

O deputado Euclides Fernandes (PDT) apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia moção de congratulações homenageando as autoridades municipais e toda as comunidades de Nova Ibiá, Lajedo do Tabocal, Apuarema e Andorinha pelo aniversário de emancipação econômica, neste dia 13 de junho.

O município de Nova Ibiá, encravado na região cacaueira, sofre com a queda brutal que a região experimentou em razão da crise na produção do cacau desde a chegada da praga vassoura-de-bruxa. Seus mais de 7 mil habitantes ainda não se recuperaram da surpreendente queda de receita. “Mas o prefeito José Murilo Nunes de Souza tem planos governamentais que buscam incentivar alternativas de receita inclusive com a implantação de novas culturas que tragam emprego e renda para a maioria dos seus cidadãos”, disse.

 O parlamentar ressaltou que o município de Nova Ibiá, assim como grande parte dos que integram a chamada região cacaueira, busca um novo rumo econômico para voltar a gerar receita para a sociedade e para o município e superar a crise que já dura alguns anos. Grande parte da população se dedica à lavoura familiar e cultura de sustentação, “mas ainda não se atingiu um padrão compatível com as necessidades do município”, avaliou.

Lajedo do Tabocal comemora 29 anos de emancipação político-administrativa. Euclides destacou a programação festiva a ser realizada pela Prefeitura e que começa com a alvorada, às 5h, seguida de atividades culturais como jogos, passeio ciclístico, show gospel e festa dançante, com atrações locais e regionais. “São mais duas décadas de uma grande história da pequena cidade, que tem hoje como prefeito a jovem Marianne Fagundes”. 

O parlamentar também lembrou, em sua moção que, “embora sua emancipação seja recente, sua história é bem mais antiga”. Surgiu no início do século passado, quando algumas famílias, atraídas pela fertilidade do solo e disponibilidade de terras, lá se instalaram. Naquela fase inicial de exploração agrícola, existiram conflitos de terras, solucionados em 1922 através do programa de distribuição de terras. A boa adaptabilidade do solo na plantação de café, fumo, mandioca e feijão contribuiu consideravelmente para a fixação das famílias na região.
Apuarema precisou de cerca de 100 anos, quando surgiu a primeira unidade habitacional, até alcançar sua emancipação em 1989. “Hoje, o prefeito Raival Pinheiro de Oliveira enfrenta ainda um grande desafio para melhorar a qualidade da educação do município, que em 2009 alcançou o pior resultado do país no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A meta do atual prefeito nesses seus quatro ano de mandato será melhorar cada vez mais a qualidade do ensino básico, superando a nota média de 4,1 alcançada em 2015, quando alcançou a posição 4.637, entre os 5.570 municípios brasileiros”, disse. 

“A tendência é continuar crescendo esse índice para que Apuarema, apesar das dificuldades econômicas, ofereça uma educação de melhor qualidade para os seus filhos. A tabela de notas do Ideb varia de 0 a 10”, disse o parlamentar.

Andorinha foi desmembrado de Senhor do Bonfim, contando com os distritos de Sítio da Baraúna e Tanquinho. O município passou por uma forte mudança, inclusive econômica e social, com a instalação da Companhia de Ferro e Ligas da Bahia (Ferbasa), extraindo e explorando o minério de cromo em seu solo. “Essa empresa trouxe, sem dúvidas, novos horizontes e perspectivas acentuadas com alteração no quadro econômico do município, tendo sido verificados novos comportamentos e padrão de vida significativo, principalmente pela geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida, com reflexo em todo o município e região”, contou.

“Hoje, sob a batuta do prefeito Renato Brandão, o município de Andorinha encontra-se em pleno desenvolvimento, além de destacar um vasto potencial cultural expresso em diversas manifestações tradicionais e novas, que fazem a alegria e a descontração de seu povo e de quem o visita”, afirmou o autor da moção. 

Na programação de aniversário está prevista na Câmara Municipal uma sessão solene para entrega de Título de Cidadão de Andorinha a algumas autoridades previamente escolhidas. Na programação popular está prevista mais uma vez a realização da Corrida da Emancipação, que tem atraído muitos atletas para a disputa.
 
Após a emancipação no dia 13 de junho de 1989, aconteceu em 15 de novembro do mesmo ano a eleição para eleger o primeiro prefeito, Carlos Humbert de Miranda Pereira Mello. O município está localizado no semiárido baiano. Limita-se ao Norte com Jaguararí, ao Leste com Monte Santo, ao Sul, com Itiúba e a Oeste com Senhor do Bonfim. “Suas atividades econômicas são o minério de ferro, sua principal riqueza; a agricultura em pequena escala, pecuária, artesanato, destacando-se artigos de couro e barro. A Mineração Vale do Jacurici extrai o cromita que serve para fazer liga de ferro”, concluiu o deputado.
Arquivo/Agência-ALBA
  • Publicado em: 13/06/2018
  • Setor responsável: ASSESSORIA COMUNICACAO SOCIAL
  • Compartilhar: