NOTÍCIAS
Coronel enaltece papel do motorista na sociedade em missa a louvor a São Cristóvão
Na tradicional missa da ALBA à categoria, presidente da Casa elogiou quem "transporta autoridades, enfermos, o povo e a família".

O Dia de São Cristóvão (25 de julho) – padroeiro dos motoristas -, foi comemorado pela Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), na manhã desta terça-feira, com missa na Igreja da Ascensão do Senhor, localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em louvor ao conjunto dos 64 profissionais do volante e demais integrantes do Setor de Transporte que trabalham na Casa. O ato religioso, realizado anualmente pela ALBA, foi celebrado pelo padre Manoel Filho e a animação litúrgica a cargo dos cantores Daniel Souza e Ana Clara Iannini.

Presidente do Legislativo estadual, deputado Angelo Coronel (PSD), que esteve acompanhado da esposa Eleusa Coronel – coordenadora do Instituto Assembleia de Carinho -, parabenizou os motoristas pelo dia e disse se sentir lisonjeado em poder exaltar uma categoria de trabalhadores que merece ser valorizada. “Vocês são muito importantes para a sociedade, transportam autoridades, enfermos, o povo e a família. Uma classe que honra a todos”, destacou Coronel.

Na homilia, padre Manoel parabenizou a categoria e destacou o valor de celebrar a eucaristia para o trabalho. O religioso explicou a razão de o santo ser para a Igreja Católica o padroeiro dos motoristas. “São Cristóvão significa aquele que carrega Cristo. Cristo está na pessoa”, disse. Para o padre, não é correta a atual compreensão de que qualquer um deve dirigir. “Por achar que todo mundo deve dirigir é que o trânsito está assim”, salientou o pároco, enaltecendo o valor da profissão e criticando as posturas levadas ao trânsito pelos falsos motoristas.

Padre Manoel ainda exaltou os valores familiares e enfatizou que “família é todo mundo que faz a vontade de Deus”. E ensinou que para realizar a vontade de Deus é necessário se buscar fazer sempre da melhor forma possível, continuamente e com amor. Ele rezou pela memória dos motoristas mortos e desejou aos vivos que “tenham Deus no coração pela linda escolha de vida que vocês fizeram”.

A missa contou ainda com a presença de todo o corpo funcional do Setor de Transporte, do superintendente de Administração e Finanças da Casa, Francisco Raposo, do procurador Mílton Correia, e servidores dos mais variados setores.

Há 25 anos na Coordenação do Setor de Transporte da ALBA, Nílton Nunes Viana, mecânico de profissão, observou que a missa dos motoristas, que acontece anualmente no dia dedicado a São Cristóvão, é uma iniciativa que traz enorme motivação para categoria, e também um instante de agradecer a Deus e festejar com os colegas. “Eu costumo falar pra eles, a gente só dirige, mas quem conduz é Deus”. E celebração, de fato, não faltou. Após a missa, na presença do presidente Coronel e Eleusa, os motoristas, colegas de outros setores, diretores se reuniram num variado café da manhã no setor homenageado.


A IGREJA


A Igreja da Ascensão do Senhor foi inaugurada no ano de 1975. É considerada um clássico da arquitetura sacra modernista no Brasil. O projeto arquitetônico é do arquiteto carioca João da Gama Filgueiras Lima, o Lelé – (1932 – 2014).

Apesar dos traços que sugerem leveza, o estilo arquitetônico obedece os ditames do Modernismo Brutalista, que privilegia a verdade estrutural das edificações, sem esconder seus elementos estruturais. Foi um movimento que se fortaleceu nas décadas de 50 e 60, inclusive no Brasil, contrário ao que chamava de ornamentação desnecessária.

 
  • Publicado em: 25/07/2017
  • Setor responsável: PRESIDENCIA
  • Compartilhar: