Augusto Alvaro Cardeal da Silva (Dom)

Legislatura: 4 - 1959/1963

Parlamentar: Não

Forma de Entrega: Presencial

Pessoa de recebimento: Augusto Alvaro Cardeal da Silva (Dom)

Data da Sessão: 01/01/1970

Proponente(s) da Homenagem

DEP. LUIZ SOARES PALMEIRA

Projeto(s) de Resolução da Homenagem

Nº/Ano: 672/1961

Ementa: Concede o título de Cidadão Baiano a Eminéncia Cardeal da Silva.

Dados da Biografia

Nome: Augusto Alvaro Cardeal da Silva (Dom)

Sexo: Masculino

Profissão: Padre, Bispo

Nascimento: 04/08/1876

Cidade de Nascimento: Recife

Estado: Pernambuco

País: Brasil

Nome do Pai: Raimundo Honório da Silva

Nome do Mãe: Amélia Elisa Ramos da Silva

Data de Falecimento: 14/08/1968

Personalidade Política: Não

Formação Educacional: Fez o curso Primário no Colégio Pestalozzi no Rio de Janeiro e o curso preparatório no Ginásio Pernambucano. Entrou no Seminário de Olinda, 1892-1894, onde recebeu a Sagrada Tonsina; em 1896 recebeu as ordens menores, em 1898, subdiácono e em seguida o diaconato.

Atividade Profissional: Nomeado Mestre de Cerimônia do Catedral de Olinda, 1899, a partir de 1900, foi Vigário da Freguesia de São Pedro de Olinda. Diretor Espiritual do Seminário, Vigário da Freguesia de São José do Recife; bispo de Floresta no sertão de Pernambuco, 1911. Em 1915 foi transferido para a Bahia para a Diocese de Barra, assumiu o bispado desta capital, 1925. Na Bahia, neste período criou dioceses, paróquias entre as quais a de Amargosa, Feira de Santana, Ruy Barbosa e Vitória da Conquista. Um ano depois recebeu da Santa Sé a bula "Adeptus Criste Fidlien", criando a diocese de Bonfim, realizou o primeiro Congresso Diocesano das Vocações Sacerdotais, onde recebeu a presidência perpétua dos Congressos Eucarísticos Brasileiros e organizador do 1º Congresso Eucarístico Nacional, 1933, oficializou a Obra Homenagens Eucarísticas das classes sociais da Bahia, 1934; promoveu vários congressos religiosos e congressos Eucarísticos Nacionais; consagrou a Arquidiocese de Salvador a Imaculada Conceição, 1943; convocou o clero para o 2º Sinodo da Arquidiocese ordenou sacerdotes e bispos e participou de eleições Sueno Pontífices; nomeado Cardeal da Bahia, 1952; fundador e primeiro Grã Chanceler da Universidade Católica do Salvador.

Condecorações: Ordem Nacional do Mérito; título de Conde Romano e do Assistente Sólio Pontifico, 1936; homenageado com seu nome em ruas e escola na Bahia. Festejou Jubileu de Prata Episcopal, 1936 e Jubileu de Ouro Sacerdotal, 1961. Título Honorifico de Camareiro Secreto de sua Santidade Papa Pio X, Santa Sé.

Obras e Trabalhos: Fundou o Jornal Era Nova e Semana Católica. Deixou grande acervo de sua atividade intelectual em sermões, cartas pastorais, discursos e um livro de versos, Cântico de Fé; e publicou seu magistral sermão de inauguração do movimento ao Cristo Redentor no Rio de Janeiro.

Missões: Participou da 1ª reunião do Concílio Vaticano II, 1963.

Informações Adicionais: Sessão Especial 19/10/1961.

Palacio Dep. Luis Eduardo Magalhães 1a avenida, 130, CEP: 41.745-001 CAB, Salvador-Bahia. Onde Estamos
OUVIDORIA: 0800 284 0271